Curso de direito inscreve beneficiários de projetos de assentamento: 50 vagas


O Departamento de Ciências Humanas (DCH) do Campus I da UNEB, em Salvador, está com inscrições abertas, até o dia 1º de março, para a primeira turma da graduação especial em direito para beneficiários da reforma agrária.

O curso, fruto de convênio firmado entre a universidade e o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), vinculado ao Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), oferta 50 vagas para participantes dos projetos de assentamento criados ou reconhecidos pelo Incra e do Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF).

Os interessados devem se inscrever, apresentando os documentos (digitalizados) exigidos pelo edital de seleção, exclusivamente pelo site www.uneb.br/turmaespecialdireito. A comissão organizadora solicita ainda o envio da ficha de inscrição para o e-mail colegdireitocampus1@uneb.br.

O pró-reitor de Graduação (Prograd) da UNEB, José Bites, ressalta que o curso integra as ações do Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária (Pronera), vinculado ao Incra, do qual a universidade é parceira desde a criação, há 15 anos.

As provas do processo seletivo serão realizadas em 9 e 10 de março, das 13h30 às 18h30, nas instalações do DCH. No primeiro dia, os candidatos farão provas de língua estrangeira (inglês ou espanhol) e redação. Já no segundo dia, serão aplicados os exames de ciências humanas e suas tecnologias (geografia, história, filosofia, sociologia e atualidades) e de ciências da natureza e suas tecnologias (física, química e biologia).

“Essa é uma conquista histórica. Com a oferta deste curso, a UNEB consolida a sua trajetória na trilha do Pronera e firma o seu comprometimento com as lutas dos movimentos sociais nas áreas da educação do campo”, salienta a coordenadora da graduação, Stella Rodrigues.

A coordenadora ainda destaca que as atividades do curso, que terá duração de dez semestres, serão desenvolvidas no departamento e nas comunidades de origem dos participantes, onde os discentes terão orientação de monitores do curso de direito do Campus I.

“Queremos nos constituir em referência nacional no que diz respeito a consolidação da pedagogia da alternância em um curso de direito, em que os estudantes participam de atividades na instituição e também em suas comunidades”, explica Stella.

Criado em 1988, o Pronera é uma política de educação do campo desenvolvida em áreas de reforma agrária e executada pelos governos estadual e federal.

As atividades, que são realizadas em parceria com o Incra e com movimentos sociais — a exemplo do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) —, já formou turmas nos campi da UNEB em Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Ipiaú, Eunápolis, Teixeira de Freitas, Serrinha, Itaberaba, Alagoinhas, Jacobina, Juazeiro e Irecê.

Informações: www.uneb.br/turmaespecialdireito.

Fonte: UNEB

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s