Chamada de artigos: Revista de Estudos Empíricos em Direito


A Revista de Estudos Empíricos em Direito está aberta para a submissão de artigos científicos para o segundo número de seu segundo volume, que será lançado em junho de 2015.

A Revista aceita trabalhos de diferentes disciplinas e perspectivas metodológicas, desde que se enquadrem na linha editorial da revista que tem o foco na pesquisa empírica em direito. Há três eixos principais de interesse da Revista: i) resultados de pesquisas empíricas que tematizem algum aspecto do direito; ii) reflexões epistemológicas sobre a pesquisa empírica em direito; e iii) reflexões de cunho metodológico sobre a pesquisa social que possam ser úteis para o pesquisador na área do direito.

A revista tem uma periodicidade semestral e aceita trabalhos em português, inglês e espanhol. O prazo para submissões é 10 de março de 2015.

Os trabalhos devem ser submetidos por e-mail para reed.revista@gmail.com e devem estar de acordo com as normas de submissão da revista (ver abaixo).

Ao submeter trabalhos, os autores reconhecem e concordam que:

1. opiniões expressas nos artigos são de inteira responsabilidade de seus autores;

2. o trabalho é original e inédito no Brasil;

3. o trabalho não está em análise para publicação por outros periódicos;

4. o trabalho submetido à Revista será publicado sob licença Creative Commons 3.0, podendo ser reproduzido desde que feita menção à publicação original.

Para informações e esclarecimentos, envie e-mail para: reed.revista@gmail.com

Normas de submissão

Para a submissão de trabalhos, o autor deve enviar três arquivos em formato Word (.doc ou .docx) para o e-mail da revista (reed.revista@gmail.com): um arquivo com o texto completo do artigo; um segundo arquivo com o mesmo texto, mas sem a identificação do autor; e um terceiro arquivo apenas com os dados (nome completo, filiação institucional e contatos) do(s) autor(es).

Os textos podem ser enviados em língua portuguesa, inglesa ou espanhola e serão publicados na língua original. Quando em português, o trabalho deve seguir as regras do novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa.

Os trabalhos devem ter de 20 a 30 laudas e ser formatados no seguinte padrão: folha A4; margens superior, inferior, direita e esquerda 2 cm; fonte times new roman 12; espaçamento entre linhas de 1.5; alinhamento justificado. Trabalhos cujo tamanho foge ao especificado poderão ser aceitos em caráter excepcional, à critério dos editores, em virtude da qualidade da contribuição.

Os trabalhos devem ser estruturados conforme o seguinte padrão:

1. Nenhuma forma de identificação do(s) autor(es) deve estar presente no texto (somente para arquivo não identificado).

2. Folha de rosto com título, resumo e palavras-chave na língua original;

3. Segunda página com título (title), resumo (abstract) e palavras-chave (keywords) em inglês (salvo se a língua original for inglês);

4. Os resumos devem conter de 100 a 250 palavras cada;

5. As palavras-chave devem ser no máximo 5;

6. A primeira página do artigo deve conter um sumário numerado (ex: 1. Introdução. 2. A pesquisa empírica em duas vertentes. 2.1. A pesquisa empírica qualitativa. 2.2. A pesquisa empírica quantitativa. 3. A pesquisa empírica em direito. 3.1. A conjuntura do incentivo à pesquisa em direito. 3.2. Variedades da pesquisa empírica em direito. 4. Conclusão. 5. Referências).

7. Corpo do texto

8. Referências

As citações feitas no corpo do texto devem seguir o formato “autor, ano, página”. Citações literais com mais de três linhas deverão conter recuo de 4 cm e espaçamento entre linhas simples, fonte tamanho 10, sem aspas e sem itálico. As notas devem ser limitadas ao mínimo necessário.

Recomenda-se limitar as notas de rodapé ao mínimo necessário.

As referências, ao final do trabalho, devem estar no formato da APA.

8.1. Exemplos de citação de livro (APA):

Buarque de Holanda, S. (1936). Raízes do Brasil. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira.

Faoro, R. (2001). Os Donos do Poder. Rio de Janeiro: Globo Livros.

8.2. Exemplo de citação de capítulo de livro (APA):

Pires, A. P. (2008). Amostragem e Pesquisa Qualitativa: ensaio teórico metodológico. In J. Poupart, J. P. Deslauriers, L. H. Groulx, A. Laperrière, R. Mayer, A. P. Pires (Org.), A Pesquisa Qualitativa: enfoques epistemológicos e metodológicos (pp. 154-211). Petrópolis: Editora Vozes.

8.3. Exemplo de citação de artigo (APA):

Teubner, G. (2005). “Unitas Multiplex”: a organização do grupo de empresas como exemplo. Revista Direito GV1(2), 77-110.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s